Atualizado 02/03/2018

Temer discute com aliados o nome de um civil para comandar Ministério da Defesa

O presidente Michel Temer afirmou nos últimos dias a aliados que busca nome de um civil para comandar o Ministério da Defesa. Desde a saída de Raul Jungmann, Temer nomeou interinamenteJoaquim Silva e Luna para a vaga.

A informação foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. O blog também apurou que Silva e Luna não permanecerá no posto.

Oficialmente, o governo nega que a decisão de indicar um civil tenha sido tomada por conta das reações à nomeação de um general para a Defesa. É a primeira vez que um militar ocupa o posto desde que o ministério foi criado.

A aliados, Temer afirmou que Luna sempre foi interino. Na avaliação do Planalto, a decisão de nomear um militar também esbarraria no fato de que o presidente teria de optar por alguém de uma das Três Forças Armadas – o que poderia desagradar as demais.

O presidente não tem restrição a um parlamentar para a vaga, mas ainda não achou o perfil ideal e busca o novo titular em conversas com assessores.

A intenção de Temer é fazer a troca junto com a reforma ministerial dos demais auxiliares que deixarão pastas na esplanada para disputar as eleições, preferencialmente ainda em março.

O prazo para se descompatibilizar é abril.

Fonte: G1.GLOBO
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções